Braille: Formação de Professores

R$806,00

Quantidade

OBJETIVO:

O Curso de formação de Professores Alfabetizadores através do Sistema Braille apresenta um tema de grande importância no cenário da inclusão escolar da pessoa com deficiência visual, iniciando com a descrição do contexto histórico do sistema Braille, através da forma como evoluiu no Brasil e no mundo desde sua criação, as adaptações curriculares e as técnicas utilizadas para o ensino deste sistema, que envolvem a estimulação sensorial, alfabetização tátil e reabilitação. Ainda apresenta a dinâmica deste Sistema e recursos tradicionais que auxiliam na produção de materiais em Braille, como uso de reglete e punção. Identifica formas pelas quais ocorrem a transcrição de tinta para Braille ou vice-versa e adaptação de aulas, conteúdos e espaços. Também contempla dinâmicas que mostram formas de relacionar-se com a pessoa com deficiência visual e dicas de orientação/mobilidade.

Público alvo:

Tem como objetivo capacitar educadores do ensino regular ou do atendimento educacional especializado, familiares de pessoas com deficiência visual, psicólogos, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais, estudantes e demais interessados pelo tema a atuar na formação e inclusão escolar de pessoas com Deficiência Visual por meio do método Braille e das ferramentas e técnicas que dão suporte a utilização deste sistema.


MODALIDADE:

O curso será desenvolvido 100% à Distância e está estruturado em seis módulos, com duração de doze semanas, num total de 160 horas de estudos.

O conteúdo será apresentado através de atividades teóricas, vivências práticas, estudos individuais e coletivos utilizando os recursos tecnológicos disponíveis no ambiente virtual MOODLE. Textos Braille em tinta serão utilizados, além de equipamentos e materiais especializados afins, como reglete, punção e atividades em Braille. A avaliação será realizada através do ambiente virtual e de atividades encaminhadas via Correio

O Curso de formação de Professores Alfabetizadores através do Sistema Braille Será desenvolvido 100% à Distância e  está estruturado em seis módulos, contendo 10 aulas. Num total de 160 horas de estudos, o cursista entrará em contato com materiais para leitura, ilustrações, vídeos, materiais de apoio complementares aos estudos, atividades, fóruns de debate coletivo, chats de interação e um processo avaliativo dinâmico e contínuo, através da participação nas atividades disponibilizadas no ambiente e vivências realizadas.


CARGA HORÁRIA: 160 horas 

DURAÇÃO : 6 meses 
 

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO:

  • Histórico e conceituação do sistema Braille;
  • O alfabraille e a representação dos pontos no processo inicial de alfabetização;
  • Leitura do Sistema Braille mediante as técnicas específicas que envolvem a estimulação sensorial e os esquemas simbólicos;
  • Escrita em Braille mediante a utilização e o manuseio dos instrumentos reglete e punção;
  • Transcrição de textos através da transposição da escrita Braille para tinta e vice-versa;
  • Simbologia Braille: alfabeto, letras acentuadas, sinais de pontuação, numerais, sinais da matemática e sinais acessórios;
  • Normas técnicas para a construção de textos em Braille;
  • Ficha avaliativa para investigação do estágio de desenvolvimento da escrita e leitura em Braille;
  • Dicas de relacionamento para quando encontrar com uma pessoa cega.

 

PROFESSORA:

Luciane é pessoa com deficiência visual e  tem 33 anos, residente em Guaratinguetá - SP. Pedagoga com especialização em Atendimento Educacional Especializado (UNESP/UFC/SECADI), e especialista em Tecnologias, formação de Professores e sociedade (UNIFEI/MG). Tem  cerca de 75 cursos de extensão e aperfeiçoamento em temas que envolvem a deficiência visual. Atuou na educação especial de alunos com deficiência visual, com alfabetização Braille,  no município de Lorena de 2002 a 2009. Foi integrante da Equipe do Centro Interdisciplinar de Assistência Educacional (CIAE), da Secretaria Municipal de Educação de Lorena desde 2009 até abril de 2012, como especialista  em educação inclusiva. Foi coordenadora do Projeto VIDA – Vivenciando a Inclusão, Diversidade em Ação até dezembro de 2012, com trabalhos voltados para o acompanhamento do AEE, nas salas de recursos multifuncionais de Lorena. Também é autora e professora de cursos de capacitação para professores nas modalidades presencial ou EaD  em Grafia Braille, informática e audiodescrição desde 2007, tendo atuado, entre outros,  pelo SENAI, como professora convidada em cursos de extensão na UNESP, consultoria e formações pelos municípios de Lorena, Caraguatatuba, Cruzeiro, Guaratinguetá, Ubatuba e Tremembé de 2013 a 2016. Já formou mais de 1700 profissionais. Autora do projeto BrailluMais (multiplicando Ações Inclusivas) lançado na X e XI Feira Reatech, com jogos pedagógicos e brinquedos adaptados. Palestrante  e autora de vários artigos publicados em diferentes mídias educacionais. Trabalhos apresentados em congressos de formação de professores e publicados em livros. Vencedora do IV Prêmio Sentidos/2011 com ações realizadas na área da inclusão da pessoa com deficiência e do IV Ações Inclusivas/2013 através do Curso Grafia Braille – “Semeando Leitores e Escritores competentes”, desenvolvido no município de Tremembé/SP. Foi também Premiada entre os 16 projetos finalistas do III Prêmio Ações Inclusivas pelo Projeto VIDA, em 2012 na Secretaria de Estado dos direitos da Pessoa com Deficiência de SP. Mantém o blog: www.braillu.blogspot.com. Colunista do blog WWW.guiainclusivo.com.br, da Revista Reação e do Jornal O Lorenense. Co-autora do livro Educação Digital: a tecnologia a favor da inclusão, lançado em maio/2013 no XI Congresso Interdisciplinar em Poços de caldas – MG. Atualmente integra a equipe técnica da Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso de Caraguatatuba, atuando com comunicação inclusiva e no núcleo de Apoio Às Deficiências Sensoriais, além de ministrar aulas de informática para jovens e adultos cegos em processo de reabilitação no Centro Integrado de Atenção à Pessoa com Deficiência e ao Idoso de Caraguatatuba. É presidente do COMDEFI, Conselho da Pessoa com Deficiência de Caraguatatuba.


CERTIFICAÇÃO:
O aluno terá direito ao certificado do curso caso cumpra 100% do curso e nota mínima 7.0

MATERIAL DIDÁTICO:
Reglete, punção e folhas braille (encaminhados via correio).